DESTAQUES CEARENSES

DESTAQUES

CEARENSES

Edição

2020

Alexandre Sales

Troféu Empreendedores

*******

Igor Queiroz Barroso

Troféu Benemerência

*******

Cabeto Martins Rodrigues

Troféu Prasino Angelos

_______________________

PALAVRA DO ANO

EM 2020

“PANDEMIA”

*******

SENTIMENTO

MAIS DEMANDADO

EM 2020

“RESILIÊNCIA”

______________________

sexta-feira, 22 de maio de 2015

PROSA POÉTICA (VA)

FORAM EMBORA...
Vicente Alencar*



Eles foram embora
e deixaram saudades.

Milton Dias falava das "Cunhãs"
e Moreira Campos confirmava
"que os cães vêem coisas".

Antonio Girão Barroso 
enxergava poesia
até em compêndios de Economia.
Oferecia sempre rosas.

Joarivar Macedo comentava 
da "Viuvez do Verde".

Edgar de Alencar dissertava
sobre a projeção
da Literatura de Cordel.

Rogaciano Leite fazia discursos
enriquecendo a cantoria de violas.

Otacílio Colares derramava
cada dia mais paixão pela
sua "Cidade Amada".

Walse Barbosa preparava a crônica
dos clubes suburbanos.

César Coelho nas suas trovas e romances
mostrava as Marias e as Creuzas suburbanas
sofrendo de amor!

Carvalho Nogueira com suas saudades
abafava canções dolentes
em goles de cerveja.

Lembramos todos eles.

Estamos mais pobres.

Foram embora muito cedo.

* Vicente Alencar 
Jornalista, Poeta. Escritor
Membro da União Brasileira de Trovadores - UBT Fortaleza.
Integrante da ALMECE - Academia de Letras dos Municípios do Estado do Ceará.
Secretário Geral da Academia Fortalezense de Letras
 Membro da Academia Cearense da Língua Portuguesa, 
da Academia Cearense de Retórica e da
Sociedade Cearense de Geografia e História.
 Titular da Cadeira nº 27 da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário