DESTAQUES CEARENSES

DESTAQUES

CEARENSES

Edição

2020

Alexandre Sales

Troféu Empreendedores

*******

Igor Queiroz Barroso

Troféu Benemerência

*******

Cabeto Martins Rodrigues

Troféu Prasino Angelos

_______________________

PALAVRA DO ANO

EM 2020

“PANDEMIA”

*******

SENTIMENTO

MAIS DEMANDADO

EM 2020

“RESILIÊNCIA”

______________________

quinta-feira, 9 de julho de 2015

NOTA JORNALÍSTICA - Aniversário PBV

O Jornal Virtual Pelos Bares da Vida, que cobre a boemia civilizada da cidade, acaba de fazer aniversário, completando sete anos de existência. Em torno do bolo Ediane e Átila, Gorete e Altino, a poetisa Concita, a culinarista Maria e o médico Roberto César de Vasconcelos.


O grupo de casais que compõe o movimento PBV, e que alimenta o jornal, comemorou a efeméride neste domingo (05.07), no Flórida Bar, na Rua Dom Joaquim, Praia de Iracema, um dos mais tradicionais de Fortaleza – exatamente onde tudo começou.


O Flórida, pertencente ao Ermínio Sá, que sucede ao irmão Sá Neto, que por seu turno sucedera ao pai, Sá Filho na administração do negócio, é longamente frequentado por juízes e promotores de justiça, por profissionais liberais de muitas áreas, por intelectuais de toda ordem, por jornalistas e por políticos veteranos.

Até porque, situado em imóvel contíguo à livraria Ao Livro Técnico, sede administrativa do Clube do Bode, o Flórida funciona como sede social dessa instituição cultural informal.


Fazem parte do Clube do Bode, entre outros, o livreiro Sérgio Braga, o comediante Falcão, o ex-governador Lúcio Alcântara e o ministro aposentado Ubiratã Aguiar, do Tribunal de Contas da União, estes últimos escritores e poetas diletantes, imortais da Academia Cearense de Letras.

Foi nesse virtuoso caldo de cultura centralizado no Flórida que nasceram o movimento e o jornal virtual Pelos Bares da Vida, capitaneados pelo acelejano Altino Farias, o qual hoje já dispõe de seu próprio polo social, o pub cult denominado Embaixada da Cachaça, na Rua João Brígido, Aldeota.




Ao comemorar seus sete anos de existência o PBV agraciou diversos proprietários de bares antigos da cidade, conferindo-lhes diplomas, dentre os mais simples e bem frequentados, onde se encontram os melhores tira-gostos, a cerveja mais gelada, e os mais elevados bate-papos.


Na imagem, ao lado de Ermínio, fala ao microfone o arquiteto e urbanista Romeu Duarte; o engenheiro Altino Farias, entre dois donos de bar que receberam a homenagem: o quase centenário Paraíba, dono do bar Feijão Maravilha, do Bairro Otávio Bonfim, e o Gildo, que herdou do pai, Seu Nogueira, o Bar Vitória, do Bairro Centro. 

Não pôde comparecer o Seu Airton, estabelecido no Bairro Joaquim Távora, por problema de saúde, mas se fez representar pelo Rômulo, o decano dos frequentadores do seu bar, que vergava uma camiseta tendo impresso o rosto do homenageado. Abaixo, ele recebe o diploma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário