DESTAQUES CEARENSES

DESTAQUES

CEARENSES

Edição

2020

Alexandre Sales

Troféu Empreendedores

*******

Igor Queiroz Barroso

Troféu Benemerência

*******

Cabeto Martins Rodrigues

Troféu Prasino Angelos

_______________________

PALAVRA DO ANO

EM 2020

“PANDEMIA”

*******

SENTIMENTO

MAIS DEMANDADO

EM 2020

“RESILIÊNCIA”

______________________

segunda-feira, 13 de julho de 2015

NOTA ACADÊMICA - Imortalidade Benemérita para Tales



IMORTALIDADE BENEMÉRITA PARA TALES DE SÁ


Em longa reunião deliberativa da última sexta-feira, dia 10 de julho, a Decúria Diretiva da ACLJ apreciou a candidatura do educador Tales de Sá Cavalcante ao título supremo 

de Membro Benemérito, por proposta do acadêmico Fernando César Mesquita, indicação apoiada pelo compositor Raimundo Fagner, que já é detentor do mesmo título de benemerência.

A principal credencial de Tales de Sá Cavalcante para a ala acadêmica benemérita é o seu grande contributo à educação no Ceará, na condição de continuador da obra de seu pai, o Prof. Ari de Sá Cavalcante, à frente do Colégio Farias Brito, que hoje oferece cursos superiores em sua própria faculdade.

A intelectualidade que as academias literárias representam deve tributo aos grandes educadores, pelos quais passaram todos os que se tornaram bons jornalistas e notórios literatos – pois muitos encontraram nos bancos escolares, pelo incentivo dos bons professores, o grande estímulo para as letras, no ensino e no estudo das chamadas “Humanidades”.  

Também milita em favor da candidatura de Tales de Sá Cavalcante o seu apreço pelos livros, tendo a sua organização de ensino inaugurado recentemente uma das melhores bibliotecas da Cidade, que recebe o nome de Biblioteca Hermenegildo de Sá Cavalcante.

Hermenegildo, tio de Tales, jornalista e literato cearense, falecido em 1995, foi representante do Governo do Ceará no Rio de Janeiro, então Capital da República, e do Escritório de Negócios do Governo Brasileiro em Paris, capital cultural do Mundo àquela época. Foi ainda um dos mais  prestigiados estudiosos da obra do escritor francês Marcel Proust, repleta de psicologismos e de nuances filosóficas. 

Quando da posse de Tales de Sá Cavalcante na dignidade acadêmica a que está sendo proposto, a ACLJ pretende homenagear dois grandes lentes do meio universitário cearense, outorgando-lhes a Comenda Catedrático Raimundo de Farias Brito, para esse fim instituída. É uma forma indireta de exaltar o grande Ari de Sá Cavalcante (que é paraninfo de uma outra comenda), já que o escritor e filósofo cearense Farias Brito empresta seu nome à entidade educacional que ele engrandeceu e nos legou.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário