DESTAQUES CEARENSES

DESTAQUES

CEARENSES

Edição

2020

Alexandre Sales

Troféu Empreendedores

*******

Igor Queiroz Barroso

Troféu Benemerência

*******

Cabeto Martins Rodrigues

Troféu Prasino Angelos

_______________________

PALAVRA DO ANO

EM 2020

“PANDEMIA”

*******

SENTIMENTO

MAIS DEMANDADO

EM 2020

“RESILIÊNCIA”

______________________

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

NOTA ACADÊMICA - Tenda Árabe (22.08.18)

ENCONTRO SEMANAL 
NA TENDA ÁRABE



Na noite desta quarta-feira (22.08.18) a ACLJ se reuniu na Tenda Árabe para receber, do confrade Dorian Sampaio Filho (RDS Editora), para a última revisão, o protótipo da nova edição do Dialeto Cearense Glossário de Termos e Expressões do Ceará, obra coletiva organizada pelo acadêmico Reginaldo Vasconcelos, com a assistência de um Conselho Editorial.

A 2ª Edição do Dialeto Cearense, revisado e ampliado, com 387 novos verbetes,  será lançado em breve, em formato de bolso, desmembrado do Manual de Redação Profissional. O Manual de Redação será lançado em separado, com o apoio cultural da BSPAR Incorporações, do Benemérito Beto Studart, a exemplo da 1ª Edição.

A maioria dos glossários de regionalismos tem viés burlesco, com maior foco nos aspectos anedóticos e pornográficos das expressões idiomáticas do jargão abordado  no que dissente o Dialeto Cearense da ACLJ, que não exclui o palavreado chulo mas procura analisar cada verbete com maior profundidade, incluindo a sua raiz etimológica.




Compareceram à reunião os acadêmicos Rui Martinho Rodrigues, Dorian Sampaio Filho, Adriano Vasconcelos, Arnaldo Santos, Altino Farias, Paulo Ximenes e Reginaldo Vasconcelos – e ainda, como convidado, o jovem diagramador da RDS, Humberto Sampaio Rey. Ulysses Gaspar e Sávio Queiroz Costa eram esperados, mas não puderam comparecer.
   


Ao longo da reunião, o grupo fez leituras do livro autobiográfico “De onde vim, por onde andei, aonde cheguei, do advogado Chagas Filho, de 93 anos, editado pela RDS Editora, e revisado por Reginaldo Vasconcelos, o qual cuidou da ortografia mas não alterou o estilo muito particular do seu autor.


O livro, já na sua 2ª Edição, narra em detalhes a saga do autor, desde quando nasceu no litoral do Ceará, local hoje denominado Parajuru, em aldeia de pescadores, de onde saiu a pé aos 13 anos em direção à Capital, de onde demandou ao Rio de Janeiro, correu todo o mundo como tripulante de navio inglês, tornou-se depois comerciante próspero em Fortaleza, e finalmente advogado.

Trafegando na BR – gíria interna da ACLJ para designar o trato dos temas administrativos – os membros da Decúria definiram o dia 04 de setembro, primeira terça-feira de setembro, para uma reunião geral informal da nossa confraria, no recinto da Embaixada – e avançou-se nas discussões sobre a escolha do Homem do Ano no Ceará em 2018, título a ser outorgado no dia 06 de dezembro próximo. 

Serão homenageados na ocasião todos os integrantes da lista tríplice de indicados  Ministro Ubiratan Aguiar, Presidente da Academia Cearense de Letras; Administrador Romildo Carneiro, Presidente do BNB; e o Engenheiro Ângelo Guerra, Diretor-Geral do Dnocs  um deles a ser distinguido com o título de Homem do Ano. 

A experiência gastronômica desta vez replicou prato da culinária chinesa, “frango frito ao molho de soja com arroz chop suey”, prato de preferência do confrade Dorian Sampaio Filho, que foi servido em sua homenagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário