HOMEM DO ANO NO CEARÁ

2019

Cândido Albuquerque

Reitor da UFC

______________________

DESTAQUE CEARENSE

2019

Mansueto Almeida

Secretário do Tesouro Nacional

_______________________

PALAVRA DO ANO NO BRASIL

EM 2019

“PROTAGONISMO”

(COM AS SUAS COGNATAS)

______________________


quarta-feira, 8 de maio de 2019

NOTA JORNALÍSTICA - 8º ASSEMBLEIA ANIVERSÁRIA DA ACLJ

A DATA MAGNA
DA ACLJ

UM FESTIM MEMORÁVEL
DEDICADO
AOS SEUS DECANOS

HOMENAGEADOS
PELA BENEMÉRITA FAMÍLIA
DIAS BRANCO


A 8ª Assembleia Geral Aniversária da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo, que ocorreu na noite deste sábado, dia 04 de maio, no Palácio da Luz, centro histórico de Fortaleza, obteve um sucesso retumbante.

A despeito do dia da semana e do horário ingratos, e da localização erma e dominada pela mendicância, como acontece hoje em todas as metrópoles do mundo, com multidões de adictos alienados em situação de rua, o comparecimento de acadêmicos foi representativo e substancioso.






Compondo a Mesa Diretiva, na presidência de honra dos trabalhos o Benemérito José Augusto Bezerra, um dos mais importantes bibliófilos do Brasil, romancista e historiador, antigo presidente do Instituo do Ceará e da Academia Cearense de Letras. Com ele o Presidente da ACLJ, Reginaldo Vasconcelos, o Presidente Emérito Rui Martinho Rodrigues, Dona Consuelo Dias Branco, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Dias Branco, sua filha a Benemérita Graça Dias Branco da Escóssia, e os também Beneméritos Igor Queiroz Barroso e Paula Queiroz Frota.





A determinação de que a letra do nosso hino fosse cantada pelo corpo acadêmico partiu da Benemérita Paula Queiroz Frota, desde a solenidade de sua posse, quando da Mesa de Honra ela quebrou o protocolo para protestar nesse sentido. Desta vez, em consideração a essa afetuosa diretriz, a letra do hino foi distribuída aos acadêmicos e foi “puxada” pela autora da música, a acadêmica Inês Mapurunga, para ser entoada pela Academia, em coro.
  


Na sequência, após o discurso de abertura do Presidente Reginaldo Vasconcelos, tomou posse na dignidade de Membro Benemérito Consorte o Professor Doutor Jório da Escóssia Júnior, e receberam a Comenda Benemérito Ivens Dias Branco os decanos da ACLJ Irapuam Augusto Borges, Manfredo Cássio de Aguiar Borges, Miguel Ângelo de Azevedo Nirez e Roberto Martins Rodrigues.


ACIONE O LINK ABAIXO PARA ACESSAR O VÍDEO DO DISCURSO




ACIONE O LINK ABAIXO PARA ACESSAR O TEXTO DO DISCURSO










O empossando e os recipiendários da Comenda Benemérito Ivens Dias Branco receberam seus títulos das mãos de Dona Consuelo Dias Branco, e da Dra. Graça Dias Branco da Escóssia, respectivamente a mulher e a filha primogênita de Seu Ivens, que para nós é imortal, o qual, além de paraninfo da Comenda, foi o grande homenageado da efeméride. 

A medalha, foleada a ouro de 14 quilates, tem em uma das faces a imagem fotográfica resinada e o nome do comendatário, e na outra face o retrato de Ivens Dias Branco, vergando a pelerine ritual da ACLJ.


Ao final, o lançamento da obra O Dialeto Cearense, com a entrega do exemplar nº 1 ao Benemérito Igor Queiroz Barroso, que viabilizou a sua edição, enquanto o exemplar nº 2 será entregue ao Benemérito Beto Studart, que justificou previamente a sua ausência, cuja empresa BSPAR é tradicional patrocinadora da produção literária da ACLJ.

















O tradicional brinde com vinho do Porto envolveu todos os acadêmicos presentes, iniciado pelos integrantes da Mesa Diretiva. Nas imagens, brindam entre si o Presidente Reginaldo Vasconcelos e os Beneméritos Paula Frota e Igor Barroso, Dona Consuelo, Rui Martinho Rodrigues e José Augusto bezerra. 
  

Nos outros flagrantes, brindam Dona Consuelo, Dra. Graça e o marido Jório da Escóssia.
















Mais abaixo, brindes gerais e flagrantes do coquetel, que se prolongou até 23 horas, com o serviço de drinques de frutas e de salgados quentes, sempre ao som de violino. Fotos ainda do congraçamento de acadêmicos e convidados. A cobertura fotográfica foi uma cortesia da produtora CL Vídeo Produções, da amiga Cira Leona. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário