DESTAQUES CEARENSES

DESTAQUES

CEARENSES

Edição

2020

Alexandre Sales

Troféu Empreendedores

*******

Igor Queiroz Barroso

Troféu Benemerência

*******

Cabeto Martins Rodrigues

Troféu Prasino Angelos

_______________________

PALAVRA DO ANO

EM 2020

“PANDEMIA”

*******

SENTIMENTO

MAIS DEMANDADO

EM 2020

“RESILIÊNCIA”

______________________

sábado, 27 de outubro de 2018

NOTA JORNALÍSTICA - ACLJ - Título de Amiga do Dnocs


ACADEMIA CEARENSE
DE
LITERATURA E JORNALISMO
RECEBE TÍTULO
DE
AMIGA DO DNOCS


A Academia Cearense de Literatura e Jornalismo (ACLJ) recebeu significativa homenagem na tarde desta sexta-feira (26.10.18), na solenidade comemorativa aos 109 anos de existência do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).


A cerimônia aniversária da veneranda autarquia ocorreu na sua sede administrativa, na Av. Duque de Caxias, em Fortaleza, iniciada com um ato matinal no pátio externo do edifício, em que se procedeu o hasteamento da bandeira pátria ao toque do Hino Nacional, executado pela Banda de Música do Corpo de Bombeiros Militar.

Em evento vespertino, às 15:00h, no auditório da Administração Central, o Engenheiro Ângelo Guerra, Diretor-Geral do Órgão, distinguiu pessoas e entidades com o título “Amigo do Dnocs”, entre estas a ACLJ, na pessoa de seu presidente, Reginaldo Vasconcelos.

Na oportunidade foi lançado o livro O Progresso Descobre o Sertão, do professor e pesquisador Kleiton de Sousa Moraes, que trata da História do Dnocs desde 1909, quando o órgão ainda era denominado Inspetoria Federal de Obras Contra as Secas. 

A ACLJ se fez representar na solenidade pelos acadêmicos Vicente Alencar, Paulo Ximenes, Rui Martinho Rodrigues, Cássio Borges e Reginaldo Vasconcelos – além de Adriano Jorge e Marcos André Borges, que não constam das imagens.

Esse laurel concedido à nossa Academia deflui do reconhecimento da nossa preocupação e dos nossos esforços institucionais pela preservação daquela entidade benemérita e secular, de largos serviços prestados ao Nordeste e particularmente ao Ceará, nos campos da açudagem, da irrigação e da piscicultura na região do semiárido.

O Dnocs já foi extinto uma vez, no Governo Fernando Henrique Cardoso, em ato logo em seguida revertido em face de pressões políticas exercidas pela Bancada do Nordeste no Parlamento Nacional – e novamente ameaçada de perecimento sob Dilma Rousseff, desta vez salvo por ação incisiva e vigorosa do Senador Eunício Oliveira junto àquela Presidente da República.

A ACLJ se articula para encabeçar movimento envolvendo entidades locais ligadas à Hidrologia e a outros interesses cearenses, para atuar junto à nova Administração Federal que assumirá a partir de janeiro de 2019, com o Presidente da República a ser eleito, no sentido da manutenção e da revitalização da meritória autarquia.

Também porfiaremos pela permanência do Dr. Ângelo Guerra na condução dos destinos do Dnocs, ele que está sendo considerado o seu melhor Diretor-Geral nos últimos 30 anos, razão pela qual foi eleito pela ACLJ O Homem do Ano no Ceará em 2018 – título que lhe será outorgado em solenidade de 06 de dezembro próximo, no Palácio da Luz, sede das entidades literárias e culturais do Ceará.



Também foi distinguido com o título de Amigo do Dnocs o Engenheiro Cássio Borges, ex-diretor da Instituição, uma das maiores autoridades em Hidrologia no Brasil, Membro Efetivo Fundador da ACLJ.     

Nenhum comentário:

Postar um comentário