HOMEM DO ANO NO CEARÁ

2019

Cândido Albuquerque

Reitor da UFC

______________________

DESTAQUE CEARENSE

2019

Mansueto Almeida

Secretário do Tesouro Nacional

_______________________

PALAVRA DO ANO NO BRASIL

EM 2019

“PROTAGONISMO”

(COM AS SUAS COGNATAS)

______________________


domingo, 12 de julho de 2020

POEMA - Meia Noite (AA)


MEIA NOITE
Alana Alencar*


Meia-noite... e o selo do teu gesto geme na constância da minha pele que te ouve atenta...
E feito onda sonora devora a insistência que te apela a fome...

Renasce às torturas do impossível quando deita e pensa... pulsa lasciva e torpe, desafiando o imaginário...
 
Temendo o escandaloso grito sobre novas águias.
Águas da solidão que salvam o mundo silente das promessas...

o batismo esquecido pelo amor profano...
A escassez da rima-língua-tato. O olfato.


A permanência inexata das ressacas que sussurram e fracassam. A angústia  entre fantasmas que respondem erguidos como crias alentadas pelo medo. 

A perda aguardada como sono, fruto do desejo vão...
Dorme o mundo ardendo em mim... sem razão de girar sobre meus ombros.

Sem razão de lapidar meus versos.
Meia-noite e o selo do teu gesto geme na constância da minha pele que te ouve atenta.




Nenhum comentário:

Postar um comentário