HOMEM DO ANO NO CEARÁ

2019

Cândido Albuquerque

Reitor da UFC

______________________

DESTAQUE CEARENSE

2019

Mansueto Almeida

Secretário do Tesouro Nacional

_______________________

PALAVRA DO ANO NO BRASIL

EM 2019

“PROTAGONISMO”

(COM AS SUAS COGNATAS)

______________________


sábado, 6 de julho de 2019

NOTA ACADÊMICA - Sarau "Das Coisas de Dentro II"

 
A SEGUNDA EDIÇÃO DO
SARAU
“DAS COISAS DE DENTRO”

SUCESSO TOTAL


Obteve total êxito o Sarau Das Coisas de Dentro II, na noite de ontem (05.07.2019), evento concebido e organizado pela jovem acadêmica Alana Girão de Alencar, pessoa de criatividade excepcional e de prodigiosa desenvoltura social, com um grande senso de organização e uma imensa capacidade de trabalho.


Com a ajuda de um grupo de acadêmicos e com a colaboração de alguns amigos, mais diretamente assessorada pelo seu consorte Júlio Soares e pelo poeta Paulo Ximenes, Alana concretizou um projeto visionário, ousado, magnífico, proposto pelo Benemérito Beto Studart.


O desafio era promover essa segunda festa lírica da ACLJ no Sky Lounge, espaço envidraçado e a céu aberto, que liga as duas torres do BS Design, o mais recente empreendimento da construtora do Beto Studart, e o mais novo ícone arquitetônico da Cidade.



O Presidente Reginaldo Vasconcelos declarou aberta a reunião e recitou de memória o poema A Fortaleza, de Paula Ney, seguido pelo anfitrião Beto Studart, que saudou os presentes e, na sequência, por seu turno disse um poema e depois surpreendeu a todos com insuspeitados dotes musicais, cantando com muita personalidade e afinação a canção Escultura, antigo sucesso de Adelino Moreira, na voz de Nelson Gonçalves.

Cada participante do sarau, ao entrar no lounge recebia uma taça de espumante e um panfleto lírico, com um poema de um bardo local, impresso em papel reciclado, com o desenho artístico do BS Design no verso, assinado pelo artista plástico Ronaldo Cavalcante.





Em certo momento das performances musicais – Beatles, Belchior, Raimundo Fagner, Caetano Veloso  os convivas liberaram balões brancos que subiram e pintalgaram o céu de Fortaleza, levando cada um no seu bojo um outro poema cearense, para um destino aleatório.















Foi nesse ambiente mágico, sob iluminação feérica, com visão sobranceira da cidade de Alencar que os poetas foram se sucedendo na tribuna, intercalados por canções lindamente interpretadas pelas cantoras Tainá Bessa e Germana Girão, com o acompanhamento dos músicos Sérgio Cardoso, Alesson e o percussionista Girão, que deu um show de castanholas, sob a batuta do Maestro Marcelo Melo.







Também declamaram, dentre outros, os poetas Linhares Filho, Lúcio Alcântara e Fred Saboya, que interpretou um poema de sua saudosa mãe, Nadir Papi Saboya, e a Dona Beatriz Alcântara, que disse belíssimos versos autorais glosando a sua província natal em Portugal – todos esses imortais da Academia Cearense de Letras – além do bibliófilo José Augusto Bezerra, que fez uma linda explanação sobre as Atas da Padaria Espiritual que ele encontrou casualmente entre os guardados do Instituto do Ceará, quando era o seu presidente, e que, com a colaboração do pesquisador Sânzio de Azevedo, transformou em livro.

Os acadêmicos Adriano Jorge, Vicente Alencar, João Pedro Gurgel, Dorian Sampaio Filho, Altino Farias, Marcos Gurgel, Totonho Laprovitera, Marcio Catunda, Concita Farias e Humberto Ellery, Alana Girão, Karla Karenina e Reginaldo Vasconcelos declamaram poemas.

Paulo Ximenes, que teve uma música de sua autoria (Volição), em pareceria com Alana Alencar e Marcelo Melo, interpretada pela cantora Germana Girão, enquanto Inês Mapurunga e o comendatário Almir Gadelha exibiram seu talento de cantores.  

Nas imagens os acadêmicos Augusto Borges, Hermínio Castelo Branco, Denis Clark e Cândido Albuquerque, que participarão do próximo sarau, e os convidados especiais Rocélio e Cira, Wagner Girão, Alesson Matos e Ricardo Lima e Idênia. 










A festa foi encerrada com números musicais do repórter e conferencista Almir Gadelha, comendatário da ACLJ, e com as falas muito maviosas do Prof. Rui Martinho Rodrigues, nosso Presidente Emérito. Após o encerramento, os convidados foram fotografar em volta do belo automóvel Calillac conversível, modelo 1955, em que o anfitrião Beto Studart compareceu à festa com a sua Ana Maria.




 FOTOS DE CELI MELO E DE CIRA LEONA

A vinheta abaixo foi elaborada pelo comendatário da ACLJ Décio Ruan Carrilho, especialmente para saudar o lindo evento lírico da ACLJ, realizado ao relento e no alto, sob o céu da noite alencarina.  


PRESIDENTE REGINALDO VASCONCELOS
DISCURSO DE ABERTURA DO SARAU

PARA ACESSAR, 
ACIONE O LINK ABAIXO.



Agradecemos ao Instituto Horácio Dídimo, na pessoa de Luciano Dídimo; a Gráfica Tiprogresso, na pessoa do nosso prezado Chico Esteves; a Tecplast, na pessoa de Marlito Farias, que nos cedeu a estrutura do palco; a Digital Produções, que se dispôs a fazer a cobertura de vídeo, e o artista plástico Ronaldo Cavalcante, que desenhou o BS Designe para o verso dos panfletos poéticos distribuídos aos presentes.

2 comentários:

  1. Em nome do Instituto Horácio Dídimo, agradecemos o convite e a grande honra em apoiar um evento literário dessa magnitude, que contou com presenças ilustres e uma organização primorosa da acadêmica Alana Alencar e seu esposo Júlio Soares. Parabenizo à Academia Cearense de Literatura e Jornalismo, na pessoa de seu presidente Reginaldo Vasconcelos, por proporcionar à sociedade cearense esse importante evento literário que exalta a poesia, a arte e a cultura!

    ResponderExcluir