HOMEM DO ANO NO CEARÁ

2019

Cândido Albuquerque

Reitor da UFC

______________________

DESTAQUE CEARENSE

2019

Mansueto Almeida

Secretário do Tesouro Nacional

_______________________

PALAVRA DO ANO NO BRASIL

EM 2019

“PROTAGONISMO”

(COM AS SUAS COGNATAS)

______________________


sábado, 11 de abril de 2020

NOTA JORNALÍSTICA - Príncipe Brasileiro Recebe Alta



PRÍNCIPE BRASILEIRO
RECEBE ALTA
DA COVID-19




Dom Antônio de Orleans e Bragança, de 69 anos, segundo sucessor do Chefe da Casa Imperial do Brasil, contraiu o coronavírus e foi hospitalizado com a Covid-19, no Rio de Janeiro. Hoje recebeu alta, e saiu do hospital aplaudindo a equipe médica.

   
O Príncipe Dom Antônio de Orleans e Bragança é o sétimo filho de D. Pedro Henrique de Orleans e Bragança (Chefe da Casa Imperial do Brasil até 1981) e da Princesa D. Maria da Baviera de Orleans e Bragança, neto de D. Luiz de Orleans e Bragança (1878-1921), o Príncipe Perfeito, bisneto da Princesa Isabel, a Redentora, trineto de D. Pedro II, tetraneto de D. Pedro I, irmão e segundo sucessor de S.A.I.R. o Príncipe D. Luiz de Orleans e Bragança, atual Chefe da Casa Imperial do Brasil.

Assim, por linha paterna, descende o Príncipe D. Antônio, dos monarcas da Casa de Bragança, que reinaram em Portugal de 1640 a 1910, e no Brasil, de 1822 a 1889.

Ainda pela mesma linha, provém ele da Casa Real da França, unida à Casa Imperial do Brasil pelo casamento do Príncipe Gastão de Orleans, Conde D'Eu, com a Princesa Isabel.

Por linha materna é bisneto do Rei Luiz III da Baviera, da Casa Real de Wittelsbach, uma das mais antigas da Europa.

Na imagem, o casal de príncipes, nos anos 90, com os monarquistas cearenses Estefânia Vasconcelos e Stélio Marinho. 



Brasileiro, nascido em Rio de Janeiro a 24 de junho de 1950, casou-se em 25 de setembro de 1981 com S.A. Da. Christine de Ligne, nascida em Beloeil (Bélgica) em 11 de agosto de 1955, filha do Príncipe Antônio de Ligne e da Princesa Alice de Luxemburgo.

Do feliz matrimônio nasceram-lhe quatro filhos: D. Pedro Luiz, Da. Amélia, D. Rafael e Da. Maria Gabriela. 

Em 1976, diplomou-se em Engenharia Civil, Área de Projetos de Grandes Estruturas, pela Universidade de Barra do Piraí, ligada ao complexo da Companhia Siderúrgica Nacional.

Dom Antônio trabalhou como Engenheiro na construtora Adolpho Lindenberg. Na empresa alemã KWU, trabalhou como Engenheiro, durante oito anos, no programa nuclear brasileiro.

Artista nato, Dom Antônio especializou-se em pintar aquarelas.

Em sua carreira artística já pintou mais de 500 aquarelas retratando, sobretudo, o colonial brasileiro.

O Príncipe Dom Antônio ministra palestras, abordando especialmente questões históricas, divulgando também os ideais monárquicos em escolas, universidades, encontros  Monárquicos, exposições de suas aquarelas e visitas a cidades, sempre em consonância com o Chefe da Casa Imperial do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário