HOMEM DO ANO NO CEARÁ

2019

Cândido Albuquerque

Reitor da UFC

______________________

DESTAQUE CEARENSE

2019

Mansueto Almeida

Secretário do Tesouro Nacional

_______________________

PALAVRA DO ANO NO BRASIL

EM 2019

“PROTAGONISMO”

(COM AS SUAS COGNATAS)

______________________


quarta-feira, 17 de junho de 2020

CRÔNICA - A Agenda Divina (ES)


A AGENDA DIVINA
Edmar Santos*


Além dos dias ímpares... há de haver os pares...” (Alana Alencar)


Esperançar o amanhã está além das marcações de tempo na agenda humana. A poesia tem essa eficiência sutil de demonstrar, no que é externo, o sentido do que está intrínseco.
 
O poema “Calendário”, de Alana Alencar, poetisa cearense, nos presenteia com o tema deste texto. A obviedade matemática, que desnorteia o olhar desatento, demonstra o sentido da sequência numérica indomável que nos rege, desde que passamos a enumerar os dias e as noites, numa ilusória sensação de que nos é possível controla o tempo.

Há um xis marcador, ou um círculo em volta de um número que definirá nossa rotina, mas não esgotará nossas vidas; entretanto, poderá nos impulsionar a valorar coisas e pessoas em detrimento de outras que mereceriam maior valor, não fosse nossa noção apressada de que a vida é sempre urgente. Uma pausa para ver melhor.

Há uma sabedoria bíblica que diz: “Vocês sabem identificar as mudanças do tempo, mas têm dificuldade de identificar os sinais do tempo”. Bem verdade! Vemos dias e noites passando em nossa frenética dinâmica cotidiana, se chove ou se faz sol, sinais de mudança do tempo; no entanto, se os filhos cresceram e já se tornaram pais, sinais do tempo, nem nos apercebemos. Restam-nos as fotos no álbum de retratos da vida que passou.

A poesia de Alana nos brinda com o alento: “No calendário, o dia marcado, escasso e mudo, ainda não chegou!” Ainda temos tempo... O ar nos pulmões gaseifica vida e, não obstante o que já não se pode mais reviver, nos é possível viver novas experiências. Pois sempre vai valer a pena começar de novo; sempre vale a pena cada amanhecer, enquanto a agenda divina nos é favorável neste mundo.




COMENTÁRIO

Com certeza, com as correrias com que a vida nos consume, deixamos de observar as reais mudanças de tempo.

Aline
........................................................................................................................

Brilhante texto, parabéns.

Gildásio
........................................................................................................................

Enquanto houver vida, haverá sempre oportunidades para renovações. Parabéns pelo texto.

Rosângela Santos


3 comentários:

  1. Com certeza, com as correrias q a vida nos consumem,deixamos de observar o reais mudanças de tempo.👏👏

    ResponderExcluir
  2. Brilhante texto, parabéns 👏👏👏👏

    ResponderExcluir
  3. Enquanto houver vida, haverá sempre oportunidades para renovações. Parabéns pelo texto. 👏👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir