HOMEM DO ANO NO CEARÁ

2019

Cândido Albuquerque

Reitor da UFC

______________________

DESTAQUE CEARENSE

2019

Mansueto Almeida

Secretário do Tesouro Nacional

_______________________

PALAVRA DO ANO NO BRASIL

EM 2019

“PROTAGONISMO”

(COM AS SUAS COGNATAS)

______________________


domingo, 2 de agosto de 2020

NOTA ACADÊMICA - Sarau Virtual da ACLJ (02.08.2020)

SARAU VIRTUAL
DA ACLJ
(02.08.2020)
   

A Academia Cearense de Literatura e Jornalismo (ACLJ) promovia, nas noites de terça-feira, na casa de bebidas finas Embaixada da Cachaça, um poetry slam, consistente em um pequeno sarau de poesias, prosa poética e performances musicais acústicas ao vivo, segundo uma prática que começou nos EUA e se difundiu pelo Planeta.


   
Mas essa rotina cultural saudável foi interrompida pela pandemia de Covid-19, e então grupo de habitués passou a se reunir virtualmente nas manhãs de domingo, em que acadêmicos, artistas, intelectuais e poetas em geral, frequentadores daquele reduto boêmio e cultural, matam a saudade e mitigam a carência de convívio, mantendo em atividade a ACLJ, apesar do isolamento social obrigatório.



Na longa e agradável sessão virtual deste domingo (02.08.2020), para declamações em prosa ou verso, e para discussões e comentários sobre a cultura cearense, estiveram reunidos 13 participantes, nomeadamente o Jornalista e Advogado Reginaldo Vasconcelos, o Bibliófilo José Augusto Bezerra, o Jornalista e Sociólogo Arnaldo Santos.




Participaram também  o Engenheiro e ex-oficial de Marinha Humberto Ellery, o agrônomo e poeta Paulo Ximenes, o Juiz de Direito Aluísio Gurgel do Amaral Júnior,  o Procurador Federal e Professor Edmar Ribeiro e o Advogado Adriano Vasconcelos.

Também disseram presente o agente de exportação Dennis Vasconcelos, o Ambientalista João Pedro Gurgel, o Artista Plástico Totonho Laprovitera e o Dentista Marcos Gurgel, todos da ACLJ – e, como convidada especial, a Promotora de Justiça Elizabeba Rebouças Tomé Praciano, a Dra. Eliza Rebouças, que está preparando um livro sobre a vida de seu pai e sobre a história da família.

A Dra. Eliza merece um destaque especial porque supriu a ausência  devidamente justificada – dos confrades Altino Farias e Alana de Alencar, bem como do anfitrião Sávio Queiroz Costa, prontificando-se ela a realizar os registros fotográficos.

Também destacada a esforçada participação do confrade Totonho Laprovitera, que, para não perder nenhum minuto da reunião, a ela compareceu ainda no leito, de onde fez a sua performance poética, vindo depois se apresentar, já bem desperto, exibindo suas obras de arte. Em face dessa excêntrica circunstância a reunião de hoje ganhou o título simpático de "NA CAMA COM TOTONHO".  

José Augusto Bezerra, Presidente Emérito da Academia Cearense de Letras e ex-presidente do Instituto do Ceará, fundador e presidente da Associação Cearense de Bibliófilos, Membro Benemérito da ACLJ  que lhe confere ritualmente a versão latina de seu nome (Iosephus Augustus Vitulia), trouxe uma grande contribuição à reunião literária de hoje.

Ele contou sobre o achado casual de todas as atas da Padaria Espiritual, confraria literária pioneira no Estado, nos arquivos do Instituto do Ceará, então sob a sua presidência. 

Disse que, ao convocar o pesquisador Sânzio de Azevedo, imortal da ACL, grande estudioso da anciã entidade dos "padeiros", este foi às lágrimas, pois havia 50 anos que ele dizia aos seus alunos que os documentos relativos à Padaria Espiritual estavam perdidos para sempre. 

Finalmente,  José Augusto mostrou a obra, em capa dura, reunindo as preciosas atas da Padaria Espiritual (apresentada na gravura ao lado) que, quando na presidência da Academia Cearense de Letras, ele fez publicar, sob a coordenação de Sânzio, em edição preciosa de pouquíssimas unidades.

A sessão deste domingo foi dedicada aos próceres da Padaria Espiritual, que tiveram a liderança do insigne Antônio Sales. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário