HOMEM DO ANO NO CEARÁ

2019

Cândido Albuquerque

Reitor da UFC

______________________

DESTAQUE CEARENSE

2019

Mansueto Almeida

Secretário do Tesouro Nacional

_______________________

PALAVRA DO ANO NO BRASIL

EM 2019

“PROTAGONISMO”

(COM AS SUAS COGNATAS)

______________________


domingo, 7 de abril de 2019

NOTA SOCIAL - Sarau "Arrasou"

SARAU
“ARRASOU”


Atingiu enorme êxito o I Sarau da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo, na noite de ontem (06.04.19), no Piano-Bar do Ideal Clube, denominado pela sua idealizadora, a poetisa Alana Girão de Alencar, “Das Coisas de Dentro”. 

Ao lado, os acadêmicos Paulo Ximenes, Alana Girão e Humberto Ellery.

As imagens  mais escuras resultam da ambiência naturalmente flou, em clima romântico a luz de velas.

O evento foi mais atrativo à ala dos intelectuais da ACLJ. 

Mas alguns dos jornalistas vocacionados do seu quadro de acadêmicos, que, além das obrigações profissionais relacionadas à informação, também reúnem verve intelectual pronunciada, esses se fizeram presentes e se empenharam pessoalmente para o sucesso da empreitada, como Vicente Alencar, Arnaldo Santos e o próprio presidente Reginaldo Vasconcelos.   


Na organização do evento Alana foi acolitada por seu marido e confrade Júlio Soares e pelo Poeta Paulo Ximenes, integrante fundador da nossa confraria, que com a Alana tem parceria musical, na canção “Volição”, que foi interpretada por uma das cantoras convidadas, Germana Soares.



O título “Das Coisas de Dentro” remete aos sentimentos mais íntimos que o evento se propunha a fazer exteriorizar através da poesia – e mesmo da música – conforme o Presidente Reginaldo Vasconcelos esclarece em seu discurso de abertura, ao discorrer sobre a função lírica dos saraus. 

 DISCURSO DE ABERTURA
DO PRESIDENTE
REGINALDO VASCONCELOS


Um dia desses alguém me falou de uma peça de cinema, no gênero da ficção científica, em que um pequeno aparelho portátil capta as ondas cerebrais dos bichos de estimação e as reproduz em voz humana. E eles falam. E ainda ontem eu vi uma reportagem sobre uma revista totalmente editada por inteligência artificial, na Indonésia. Tudo isso é possível.

Porém, bicho nenhum e nenhum computador vai jamais produzir poesia, compor música, pintar obras de arte, porque essas não manifestam simplesmente o pensamento, mas traduzem os sentimentos. As belas artes e o beletrismo abrem um canal com a alma humana, que mesmo as máquinas e os animais mais evoluídos, obviamente, não possuem.

A comunicação denotativa externa a cerebração para informar sobre o que se vê, sobre o que se sabe, sobre o que se quer, mas a emoção precisa da linguagem lírica para transmitir o que se sente, as mais refinadas pulsões do espírito, e provocar a epifania da beleza, a revelação do divino, a estética da vida, o sentido sublime de existir do ser humano.

Por isso, o poeta, o artista, o musicista, ao se conectar com a sua fonte inspiradora, encontrando o poço mágico da verve, tange a corda lírica das paixões, fere a arpa da saudade em seu cordame, transcende à sua condição material na direção da divindade.

Ao defrontar um Raimundo Fagner, por exemplo, um Totonho Laprovitera, um Luciano Maia, um Descarte Gadelha, através do homem comum eu vejo a obra – as notas maviosas da música, a beleza das tintas nas telas, as inefáveis imagens vertidas pelos poros dos poemas.

Plagiando a mim mesmo, cito trecho de um prefácio que fiz para o Paulo Ximenes, dizendo que o poeta e o cronista enquanto tais, “não são mais gente, tão-somente. Sua essência ontológica transfundiu-se em história viva, em tempo concreto – lugares de antanho, pessoas de outrora, registro de amores, a alegria perene de reviver e relembrar”.

Daí a importância de um evento como este, feito para o deleite de alguns eleitos, uma elite de seres que são ungidos pela sorte de poder sorver o néctar da vida, os brilhos da arte, as luzes das letras, para além das cruezas do hoje e das incertezas do amanhã.

Em nome da nossa Academia eu quero então parabenizar e agradecer aos poetas e confrades Alana Girão, Júlio Soares e Paulo Ximenes, que conceberam e organizaram esta efeméride, bem como aos dezoito acadêmicos que de muito bom grado a custearam.

Gratidão também ao Maestro Marcelo Melo e à acadêmica Karla Karenina, ao Ideal Clube, nas pessoas do Presidente Alcimor Rocha Júnior, meu amigo de infância, e do Diretor Cultural, Carlos Augusto Viana, louvando ainda especialmente a gentileza dos que atenderam ao nosso convite e nos honram com as prestigiosas presenças, notadamente os Beneméritos Beto Studart, Descartes Gadelha, Lúcio Alcântara e Ubiratan Aguiar.

Tenho dito.    


O evento, uma experiência memorável, excedeu a expectativa de público, provocando um grande acréscimo emergencial de mesas e cadeiras, bem como surpreendeu o nível de participação da seletíssima plateia, que interagiu o tempo todo, cantando em coro e aplaudindo efusivamente cada performance apresentada. 

Tamanho foi o bem-vindo afluxo de convivas que a organização deixou de acender as velas e realizar o tradicional brinde final de vinho do Porto, pois esses itens estavam previstos para apenas doze mesas e oitenta convidados, que alegremente se viu multiplicarem-se.  

creme de la creme da cultura cearense disse presente ao Sarau, ou, em bom português, a “nata” dos literatos locais compareceu para expor a beleza lírica do seu poético “lado interno”:

O Ministro Ubiratan Aguiar, carinhosamente cognominado “O Poeta dos Guardanapos”, Presidente Emérito da Academia Cearense de Letras e Membro Benemérito da ACLJ;

O Presidente do Instituto do Ceará, Dr. Lúcio Alcântara, antigo Prefeito da Capital, Governador do Estado e Senador da República, que também representou a consorte, Dona Beatriz – ambos poetas e imortais da ACL – ele nosso Benemérito, ela, no momento, em viagem a Portugal;

O quinto detentor do título vitalício de “Príncipe dos Poetas Cearenses”, da Academia Cearense de Letras, Linhares Filho, que sucedeu a Artur Eduardo Benevides, que por seu turno se seguiu a Jáder de Carvalho, por sua vez sucessor de Cruz Filho, que supriu a lacuna aberta pelo primeiro, o Padre Antônio Tomás. Camila Bibia fez a leitura de um de seus poemas. Na imagem, com a sua Mariazinha e o Presidente Reginaldo Vasconcelos;

O também Benemérito da ACLJ Descartes Gadelha – pintor, escultor, músico, compositor, maracatuqueiro – artista cearense de fama internacional, Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Ceará;

O mais recente Membro Titular da ACLJ, Geraldo Amancio, mestre da literatura de cordel e do repente de viola, apresentador de TV de programas sobre cultura popular, Mestre da Cultura Cearense, escritor com uma dezena de livros publicados.

Virtualmente presente o grande compositor cearense Evaldo Gouveia, também detentor do título de benemerência acadêmica, que convalescendo de uma pneumonia se fez representar por sua mulher, a advogada Liduina Lessa, e por seu biógrafo, o pesquisador, escritor e documentarista Ulysses Gaspar, nosso confrade, que na imagem posa na mesa de amigos de Evaldo e Liduina. Ao lado, imagem de arquivo retratando Evaldo, no dia de sua posse na ACLJ.



Aliás, durante o Sarau, prestaram-se várias homenagens a Evaldo, nestes seus 90 anos de idade, com a execução de diversas de suas canções, e com a leitura de um trecho de sua biografia, por Ulysses Gaspar.

Como convidados especiais, abrilhantaram o Sarau o empresário Beto Studart, nosso 10º Benemérito, e, coincidentemente, o 10º Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará – e o professor e cientista português, António de Abreu Freire, que trouxe um toque internacional à nossa tertúlia literária.


POEMA PARA ANA

Como pássaro da manhã tu pousaste... e ficaste.
Compuseste em mim a delicada arte de te amar além do tempo... no tumulto da alma.

Ensinaste-me que na confusão dos sentimentos, os ventos, aquém das asas, sempre sopram a favor... na direção Ana do meu peito, na condição Ana de bater lascivo.

Como pássaro da manhã tu te inscreveste em meus ombros... prevaleceste sob os vendavais... e conseguiste segurar de mim o que outrora "se ia"...
e assim, de portas abertas para a vida, te amo todo em Ana...

Porque tu, pássaro doce e leve, és o meu amanhecer e a minha madrugada... és, em mim, todas as estações.


Beto Studart homenageou a sua Ana Maria, que está aniversariando, interpretando o “Poema Para Ana”, peça romântica em que a poetisa Alana Alencar traduziu em versos o amor desse casal, após ouvir do Beto sobre a importância de Ana Maria em sua vida, a leveza do seu caráter, o vigor da paixão marital que tem por ela. Acesse o link abaixo.




O Professor Freire, que veio a Fortaleza a convite de ACLJ, é profissional do campo da física, mas também biógrafo do Padre Antônio Vieira e de Martin Soares Moreno, o fundador do Estado do Ceará – além de estudioso do fenômeno da literatura de cordel, matéria sobre a qual tem obra publicada.


Casualmente, ao assomar à tribuna para fazer a entrega de exemplares de seus livros para a biblioteca da ACLJ, o professor encontrou um ponto de convergência com o megaempresário construtor.

Ele é criador diletante de cavalos Puro-Sangue Árabe em Portugal, enquanto Beto Studart cria Mangalargas em seu Haras Chica Doce, no Município de Pidoretama, na Grande Fortaleza.

E Beto não se perde pelo nome, pois “Studart” é vocábulo inglês para indicar aqueles que dominam a arte de amar e criar cavalos – mesma etimologia da palavra do árabe “marechal”, antes de vir a significar o posto militar mais elevado.

António Freire louvou em sua fala a iniciativa do Sarau, e, sendo um grande pesquisador da poesia árabe e ibérica, revelou que esse tipo de reunião é praticada por nobres do Médio Oriente e da Europa há mais de mil anos, segundo registros históricos a respeito.


Convidados especais da ACLJ a Dra. Marlene Cidrack, representando a Academia Cearense de Odontologia, e o Diretor-Geral do Dnocs, Ângelo Guerra, acompanhado pela família, ele que foi eleito Homem do Ano no Ceará em 2018, pela nossa Academia. 

Pontos altos na reunião foram – primeiro, a performance da atriz Karla Karenina, na abertura da festa, a qual em seguida atuou como mestra de cerimônia; segundo, a magnífica participação da cantora cearense Thayná Bessa, notadamente na interpretação da canção “F Comme Famme”, do compositor francês Salvatore Adamo, sucesso nos anos 70.

Essa canção popular romântica internacional é a preferida pelo confrade Reginaldo Vasconcelos, que Alana Alencar quis homenagear e surpreender, colocando-a na voz da bela Tayná, que morou na França e domina o idioma de Voltaire.

Em terceiro lugar foi a prodigiosa apresentação da acadêmica Inês Mapurunga, executando ao violão uma música de sua autoria de coloração mágica e feérica, e, por fim, o show de castanholas apresentado pelo percussionista Girão, artista versado no flamenco “pasodoble”, que “toureou” pelo salão e encantou o público ao violão de Marcelo Melo, conforme o vídeo abaixo evidencia.    






Paulo 

Vicente 
Ulysses  

Adriano
Alana

Liduína e amigas 

Concita
Ellery 
Thayná, Alana, Marcelo e Paulo

Rui 
Família Linhares Filho, Camila e Karla Karenina 
Camila
 João Pedro e Marcos Gurgel

A poetisa Concita Farias, 
a neta Ana Maria, arquiteta,
 e o filho Armando, historiador. 



COMENTÁRIOS

1. Uma noite memorável em que se falou de amor e saudade. Um brinde incrível às Coisas de Dentro. “um pequeno passo, um grande salto”.

2. Sim... memorável!!! Linda noite.

3. É muito ver um sonho realizado através da nossa academia! Fazemos saraus em casa há algum tempo e vemos esses momentos se espandirem a mais pessoas é indescritível! Muita gratidão à energia realizadora e mobilizadora da querida irmã de sonho, Alana Alencar e à sensibilidade e apoio do nosso Presidente Reginaldo Vasconcelos, ao querido Paulo Ximenes e todos os confrades que investiram até financeiramente para que nossa academia faça jus à nossa força motriz: o amor ao fazer artístico da palavra! É do que o espírito humano mais precisa!!!

Karla Karenina


4. Que noite mais linda e sensível! Sinto-me ainda mais feliz por fazer parte desta Academia.

Alana Girão


5. Noite incrível, poesia, música, amor, fraternidade, "Coisas de Dentro", parabéns aos organizadores e a Academia. Que venham mais e mais.

Roberto Araújo.


6. Uma noite com poesia, música e pessoas incríveis, uma combinação perfeita!Precisamos de mais saraus assim.

Denise Bastos


Massa o evento! Muito bacana a iniciativa, já estamos aguardando o próximo!

Rafael Rossato


7. Parabéns aos organizadores... O evento foi sensacional!

Louise


8. Foi uma noite incrível, de uma riqueza inigualável! Fiquei honrada em ter participado do evento! Que venham mais saraus!!

Thainá Bessa


8. Parabéns à Academia Cearense de Literatura e Jornalismo pelo brilhante Evento realizado ontem no Ideal Clube, com idealização de minha querida amiga Alana Alencar, Poetisa que a cada dia nos surpreende com seus versos.

9. Me senti inebriada pelo ambiente tão aconchegante e cheio de grandes artistas que encantaram a todos com suas poesias, músicas, poemas e crônicas, dando um verdadeiro show! Lindo assistir seus Membros transformando palavras, em verdadeiras obras de arte! Sucesso total.

Claudia Nadir


10. Poesia,música, arte e muito amor envolvido. Arrasaram.

11. Noite clássica com o charme e a arte fluindo entre os convidados, os quais, retornamos mais alimentados em nossas almas.

12. Gostaria de parabenizar a Academia Cearense de Literatura e Jornalismo pela iniciativa de ter realizado neste sábado dia 06.04 no Piano Bar do ideal clube o Sarau " Coisas de Dentro " idealizado pelo escritora Alana Girão. Foi uma noite muito especial e esperamos que a academia promova outros saraus. Foi simplesmente espetacular. Parabéns Presidente Reginaldo Vasconcelos, ao Paulo Ximenes, Alana Girão e toda equipe envolvida com evento. Esperamos em breve o segundo Sarau.


Marcelo Melo.

13. Espetacular essa iniciativa de viver o amor a poesia. Parabéns para todos os envolvidos na organização desse belo evento.

14. Que evento maravilhoso!! Parabéns à academia cearense de literatura e jornalismo, à poetisa Alana Alencar e a todos os envolvidos pela noite fantástica do I Sarau !! Que venham os próximos!! Embriaguemo-nos de poesia e arte sem moderação.

Malu Neves


15. Só agradecimento! Parabéns a academia por promover eventos de grande valia para a sociedade seja poética ou não. No aguardo do próximo.

16. Que glória!

17. Parece que, na realidade, foi o melhor evento da ACLJ até o momento, desde o seu início.
18. Parabéns a todos, em especial aos acadêmicos Reginaldo e Alana.

19. Coisas assim é que me fazem vibrar em pertencer a este silogeu, meu orgulho, uma das minhas maiores razões de ser. Com sinceridade

VM


20. Foi uma noite maravilhosamente linda!!!
Irretocável, tocante...

21. "… Que a arte me aponte uma resposta mesmo que ela mesma não saiba e que ninguém a tente  complicar pois é preciso simplicidade pra fazê-la florescer…" O. M.

... Faz tempo que a cidade merecia algo desse perfil, foi muito além da expectativa.

22. Foi grandioso o sarau, isso mostra que estamos aprendendo a apreciar arte e a arte da alma também. Parabéns ao público que soube demonstrar com sua presença expressiva a necessidade de alimentar a alma com um bom cardápio e parabéns especial a Alana Alencar que merece todos os elogios.

Valéria Gilce


23. Meus parabéns a todos os envolvidos! Foi lindo. Que venham mais noites como esta!


21 comentários:

  1. Uma noite memorável em que se falou de amor e saudade. Um brinde incrível às Coisas de Dentro. "um pequeno passo, um grande salto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... memorável!!! Linda noite.

      Excluir
    2. É muito ver um sonho realizado através da nossa academia! Fazemos saraus em casa há algum tempo e vemos esses momentos se espandirem a mais pessoas é indescritível! Muita gratidão à energia realizadora e mobilizadora da querida irmã de sonho, Alana Alencar e à sensibilidade e apoio do nosso Presidente Reginaldo Vasconcelos, ao querido Paulo Ximenes e todos os confrades que investiram até financeiramente para que nossa academia faça jus à nossa força motriz: o amor ao fazer artístico da palavra! É do que o espírito humano mais precisa!!!

      Excluir
  2. Que noite mais linda e sensível! Sinto-me ainda mais feliz por fazer parte desta Academia.

    Alana Girão

    ResponderExcluir
  3. Noite incrível, poesia, música, amor, fraternidade, "Coisas de Dentro", parabéns aos organizadores e a Academia. Que venham mais e mais.

    Roberto Araújo.

    ResponderExcluir
  4. Uma noite com poesia, música e pessoas incríveis, uma combinação perfeita!Precisamos de mais saraus assim.

    ResponderExcluir
  5. Massa o evento! Muito bacana a iniciativa, já estamos aguardando o próximo!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns aos organizadores... O evento foi sensacional!

    ResponderExcluir
  7. Foi uma noite incrível, de uma riqueza inigualável! Fiquei honrada em ter participado do evento! Que venham mais saraus!!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns à Academia Cearense de Literatura e Jornalismo pelo brilhante Evento realizado ontem no Ideal Clube, com idealização de minha querida amiga Alana Alencar, Poetisa que a cada dia nos surpreende com seus versos. Me senti enebriada pelo ambiente tão aconchegante e cheio de grandes artistas que encantaram a todos com suas poesias, músicas, poemas e crônicas, dando um verdadeiro show! Lindo assistir seus Membros transformando palavras, em verdadeiras obras de arte! Sucesso total. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

    Claudia Nadir

    ResponderExcluir
  9. Poesia,música, arte e muito amor envolvido. Arrasaram

    ResponderExcluir
  10. Noite clássica com o charme e a arte fluindo entre os convidados, os quais, retornamos mais alimentados em nossas almas .

    ResponderExcluir
  11. Gostaria de parabenizar a Academia Cearense de Literatura e Jornalismo pela iniciativa de ter realizado neste sábado dia 06.04 no Piano Bar do ideal clube o Sarau " Coisas de Dentro " idealizado pelo escritora Alana Girão. Foi uma noite muito especial e esperamos que a academia promova outros saraus. Foi simplesmente espetacular. Parabéns Presidente Reginaldo Vasconcelos, ao Paulo Ximenes, Alana Girão e toda equipe envolvida com evento.
    Esperamos em breve o segundo Sarau.

    Marcelo Melo.

    ResponderExcluir
  12. Espetacular essa iniciativa de viver o amor a poesia. Parabéns para todos os envolvidos na organização desse belo evento.

    ResponderExcluir
  13. Que evento maravilhoso!! Parabéns à academia cearense de literatura e jornalismo, à poetisa Alana Alencar e a todos os envolvidos pela noite fantástica do I Sarau !! Que venham os próximos!! Embriaguemo-nos de poesia e arte sem moderação.

    Malu Neves

    ResponderExcluir
  14. Só agradecimento! Parabéns a academia por promover eventos de grande valia para a sociedade seja poética ou não. No aguardo do próximo.

    ResponderExcluir
  15. Que glória!

    Parece que, na realidade, foi o melhor evento da ACLJ até o momento, desde o seu início.
    Parabéns a todos, em especial aos acadêmicos Reginaldo e Alana.
    Coisas assim é que me fazem vibrar em pertencer a este silogeu, meu orgulho, uma das minhas maiores razões de ser.

    Com sinceridade

    VM

    ResponderExcluir
  16. Foi uma noite maravilhosamente linda!!!
    Irretocável, tocante...
    "… Que a arte me aponte uma resposta 
    mesmo que ela mesma não saiba 
    e que ninguém a tente complicar 
    pois é preciso simplicidade pra fazê-la florescer…" O. M.

    ResponderExcluir
  17. ... Faz tempo que a cidade merecia algo desse perfil, foi muito além da expectativa.

    ResponderExcluir
  18. Foi grandioso o sarau, isso mostra que estamos aprendendo a apreciar arte e a arte da alma também. Parabéns ao público que soube demonstrar com sua presença expressiva a necessidade de alimentar a alma com um bom cardápio e parabéns especial a Alana Alencar que merece todos os elogios. 👏👏👏

    Valéria Gilce

    ResponderExcluir
  19. Meus parabéns a todos os envolvidos! Foi lindo. Que venham mais noites como esta!

    ResponderExcluir